Publicamos abaixo o chamado da JR para realização de um ato durante o CONEB da UNE e do Encontro de grêmios da UBES de “repudio ao TST, à condenação doPT, à crmininalização dos movimentos sociais, e em defesa dos direitos democraticos. Esse documento deve ser discutido em todos os nucleos e nas delegações que se preparam para ir a Recife/Olinda  em janeiro para os  dois congressos.

————————–

Estamos as vésperas do 14° CONEB da UNE e o 2° Encontro de Grêmios da UBES, que reunirão milhares de estudantes universitários e Secundaristas, numa situação em que organizações sindicais, populares e estudantis estão ameaçadas por uma escalada reacionária, através da criminalização dos movimentos sociais.

Nos últimos meses assistimos indignados o julgamento de “exceção” promovido pelo STF que dispensou provas para condenar Dirceu e Genoino, ex presidentes do PT, feito com base em presunções e denuncias num claro ataque aos direitos democraticos, duramente arrancados, com o empenho da UNE e da UBES. Foi um Julgamento de exceção porque pretende condenar dirigentes do PT, sem provas, para desse modo atingir o Partido e preservar o sistema politico – eleitoral, marcado pela corrupção, pelo caixa dois e o tráfico de influência. Os ataques não param por aí, Há outros processos em curso.

O STF que alegou “falta de provas” para condenar Collor, já derrubado nas ruas, é o mesmo STF que manda soltar banqueiros e especuladores como Daniel Dantas, mas que empunha a Lei da Anistia aprovada por um congresso comprometido com a ditadura militar, para deixar de punir criminosos da ditadura que torturaram e mataram centenas de lideranças sindicais, populares e estudantis que batalhavam pelos direitos democraticos, incluindo um Presidente da UNE, Honestino Guimarães. Esse STF é o tribunal que agora dispensa provas para condenar os acusados e também o PT e que, finalmente, não tem que prestar contas a ninguém (é democrático isso?).


Acesse aqui  em PDF

A razão é conhecida. Num momento de crise do capitalismo, o imperialismo busca retomar suas posições , e o que antes era tolerado se torna insuportável. Algumas conquistas que beneficiaram o povo nos últimos dez anos, arrancadas pela luta de classes (não são benesses do governo de coalizão) não podem mais ser toleradas, como a melhoria nos empregos, nos salários ou o aumento de vagas nas escolas técnicas.

Nessas condições, não há duvidas. Este ataque do STF é um ataque que prenuncia outros, e todas as organizações populares, além do PT, que podem incomodar as elites como a CUT, a UNE, o MST são um alvo em potencial! Afinal, se não é preciso provas para condenar alguém, que garantia terão as lideranças sindicais, estudantis e populares?

Por isso, consideramos que o movimento estudantil, a UNE, a UBES e todas as entidades e organizações que lutam pelos direitos democráticos do povo brasileiro não podem ficar caladas diante dessa situação! Os estudantes Precisam dar uma resposta à altura,com a realização de atos amplos no próximos CONEB e ENG.

Neste sentido, a Juventude Revolução, chama a construir em conjunto um ato de repudio ao STF e contra a condenação do PT, a criminalização dos movimentos sociais e em defesa dos direitos democráticos durante o CONEB e o ENG em Recife/Olinda. Esse julgamento tem que ser anulado!

E convidamos a todos os estudantes e organizações a construir essa manifestação em conjunto! Nos dispomos a nos reunir antecipadamente para organizar a manifestação, abertos a sugestões e à construção coletiva.

Saudações Revolucionárias,

Conselho Nacional da Juventude Revolução ([email protected])

28/11/2012

No CONEB e Encontro de Grêmios vamos fazer um Ato de repudio ao STF, à Condenação do PT, à criminalização dos movimentos sociais e em defesa dos direitos democráticos!