UNE reedita cartilha que ensina como formar CAs e DCES

UNE reedita cartilha que ensina como formar CAs e DCES

Publicação pode ser baixada online e incentiva participação dos estudantes no movimento estudantil A universidade é um espaço onde os jovens podem organizar coletivamente suas opiniões e também formularem propostas. A essa atividade, que acontece dentro e fora das salas, é dado o nome de movimento estudantil, algo que envolve tanto a organização de uma festa como a participação em uma passeata, a criação de uma empresa júnior ou a representação política para debater as principais questões do país. Nesse processo, os jovens se organizam em entidades como os DAs, DCEs, Uniões Municipais e Estaduais de estudantes, Executivas Nacionais de cursos. Todas essas organizações juntas formam, há mais de 81 anos, a União Nacional dos Estudantes (UNE). Existem diversas formas para participar da UNE e do movimento estudantil. A principal é a própria colaboração em cada DA, DCE ou qualquer outra entidade dos estudantes, debatendo os problemas locais e propondo soluções. Para sanar as dúvidas em relação ao tema e incentivar a participação dos estudantes no movimento estudantil a UNE reeditou a cartilha que explica um passo a passo como formar seu CA, DA ou DCE. Fonte: UNE ACESSE A CARTILHA 👇

Vitória dos estudantes nas eleições para o DCE da UFSC!

Vitória dos estudantes nas eleições para o DCE da UFSC!

Nos dias 30 e 31 de Outubro, ocorreram as eleições para o Diretório Central dos Estudantes da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina -. A Juventude Revolução ajudou a construir a chapa 2 – Canto Maior, composta por 266 estudantes. Com apenas duas chapas na disputa, a outra chapa (Chapa Zero), era composta por eleitores do Bolsonaro e ligada ao MBL. A eleição do DCE que aconteceu dois dias depois das eleições presidenciais do país refletiu os anseios dos estudantes, que foram massivamente às urnas votar a favor de uma unidade contra os retrocessos que representa a eleição de Jair Bolsonaro, isso porque a chapa 2 assumiu a candidatura de Haddad como a melhor a saída para a juventude, se engajando na campanha presidencial.

BARRAR A LEI DA MORDAÇA!

BARRAR A LEI DA MORDAÇA!

Volta a tramitar no congresso nacional a Lei da mordaça, com mais força, ainda mais após o resultado das eleições, marcada pela continuidade do golpe que Bolsonaro representa. Bastaram poucos dias para o PL 7180/14, do deputado Flavinho (PSC-SP), denominado “Escola Sem Partido” ser colocada na ordem do dia na Comissão Especial na Câmara dos Deputados. A votação foi adiada, graças ao combate das entidades estudantis e sindicais que dedicaram peso em bloquear essa ação, porém já imediatamente remarcada. Diante disso, precisamos mobilizar em todos os locais possíveis, atividades para barrar esse retrocesso.

ELES NÃO VÃO DETER A CHEGADA DA PRIMAVERA!

ELES NÃO VÃO DETER A CHEGADA DA PRIMAVERA!

Organizar a luta da juventude pra resistir Milhares de jovens se jogaram nas eleições para fazer muita campanha. Haddad teve 44,87% votos quando achavam que o PT estava morto depois do golpe e da prisão do Lula. Bolsonaro teve 55,13% votos numa campanha que apelou para o caixa 2 para bancar uma enxurrada de fake news, incentivo à violência, com a consequência de um jovem assassinado que estava em carreata pró-Haddad. Posando como antissistema com discurso anti-PT, Bolsonaro já dá sinais que ele veio para cumprir atender aos interesses do imperialismo, ou seja, cumprir aquilo que o Temer não foi capaz de fazer diante da resistência dos trabalhadores e da juventude. Na composição do seu ministério tem militares, empresários, ruralistas e pastores, sem falar no juiz Sérgio Moro, cabo eleitoral de Bolsonaro, são eles duas faces do golpe. Com impeachment empurraram o país para a crise, destruíram empregos e direitos, destilaram ódio contra o PT e retiraram Lula das eleições porque sabiam que ganharia no 1º turno. Agora com Bolsonaro, a propagação dos ataques, ameaças e declarações de que “não vai tolerar oposição” são elementos de um governo autoritário que quer intimidar e perseguir quem quer lutar. Bolsonaro foi apoiado pelas instituições que fizeram vista grossa ao caixa 2 e a violência nas eleições, agora está em busca de apoios da justiça e do congresso de Temer para aprovar suas medidas. Não vamos arredar o pé de defender nossos direitos. Antes da posse os trabalhos já começaram! Nenhum direito a menos! Na mesma semana após o 2º turno, no congresso nacional, o projeto de lei da “Escola sem Partido” voltou para a pauta para impedir que estudantes e professores possam expressar o seu pensamento e de se organizar livremente na escola. A resistência da UNE e entidades estudantis e sindicais adiou a votação na comissão, porém todo alerta que está na pauta dos picaretas para o próximo dia 7. O mercado cobra do candidato eleito que a reforma da previdência seja a principal e mais urgente medida, fato que atingirá especialmente, os mais jovens porque aumentará o tempo para se aposentar. Querem que trabalhemos até morrer! O “capitão” firmou o compromisso, mas a resistência vai continuar contra a retirada do direito da aposentadoria, como já disse o PT e, a CUT afirmou a greve se colocarem pra votar. Nossa luta não acabou! Seremos resistência por direitos e democracia!  No fundo, o PT atacado pelo judiciário do, agora ministro Moro, com aval do STF, apoiado pela mídia, ainda é alternativa como se viu o resultado eleitoral. O que sentimos nas ruas de muitos jovens que votaram ou não no PT, é que eles querem ser ouvidos, querem trabalhar, estudar, ter saúde, moradia, querem um futuro digno, não querem morrer nas mãos do tráfico nem da polícia. É com eles que o PT precisa dialogar e resistir para recuperar sua confiança e ajudar a maioria a virar o jogo. Os poderosos tentam destruir o PT desde a ação penal 470 (“mensalão”), passando

Salvador: mais de 300 mil pelo voto 13, Haddad presidente!

Pra dar o ânimo da possível virada nas urnas, o dia 27/10 em Salvador foi histórico. Mais de 300 mil pessoas, gritavam por Haddad presidente, pelo voto 13. Um rio de gente acompanhava o mar da orla da cidade, mandando o recado ao Brasil inteiro: “vamo virar ê ô!” A Juventude Revolução do PT esteve presente no meio da multidão, agitando aqueles que estavam ao nosso redor com palavras de ordem. A animação da galera foi fundamental para dar o gás nesses últimos dias de campanha. Como disse Danilo, militante da JR do PT, “quando vi aquele mar vermelho de pessoas da Ondina até a Barra foi algo inexplicável. A partir daquele momento, vi sim que é possível uma virada e que o Nordeste ainda é sinônimo de resistência.”. Panfletagem nos bairros dia 28 No dia seguinte, sem parar, a Juventude Revolução do PT realizou panfletagem e colagem de lambes em um conjunto habitacional do programa “Minha Casa, minha Vida”, também em Salvador. A receptividade era impressionante! O povo gritava “Haddad”, “é 13”, descia das casas, saia dos bares e mercados para pegar adesivos e panfletos. A virada é real! Estaremos na luta até o último segundo! Rodrigo Lantyer, membro do Conselho Nacional da Juventude Revolução do PT.

Charlione, presente! Eles não nos intimidarão!

Charlione, presente! Eles não nos intimidarão!

Recebemos com muita dor a notícia da morte do companheiro Charlione Lessa Albuquerque, jovem trabalhador de 23 anos, filho de uma dirigente sindical do Ceará. Charlione participava de uma carreata da campanha de Haddad, na cidade de Pacajus (CE). Segundo relatos dos presentes, um homem saiu de um carro branco e disparou vários tiros, matando o jovem rapaz, aos gritos de “Bolsonaro!”.

Em Floripa, a JR do PT vai pras ruas virar os votos

Em Floripa, a JR do PT vai pras ruas virar os votos

Em Florianópolis a Juventude Revolução do PT impulsiona, através dos comitês Haddad Presidente por Democracia e Direitos, diversas atividades de panfletagens em feiras, comércio, rótulas e distribuição de adesivos nos arredores da Universidade e terminais de ônibus. Na reta final da eleição, a juventude tem feito caminhadas nos bairros passando de casa em casa para discutir propostas e o voto em Haddad 13. Hoje, quarta-feira (24), foi a vez da comunidade da Serrinha. É a hora da virada! Haddad presidente 13! #VIRAVOTO #HORADAVIRADA #HADDADPRESIDENTE