Clique na imagem para baixar a carta para versão impressa

Entre os dias 3 e 5 de agosto centenas de jovens se reuniram no 15º Encontro Nacional da Juventude Revolução por Lula Livre! Lula Presidente com Constituinte! e aprovaram o seguinte chamado.

 

As condições de vida pioraram e temos cada vez menos perspectiva de futuro. Já são mais de 28% dos jovens desempregados, cresceu 18,2% o genocídio da juventude negra e o suicídio é a 4ª maior causa de morte no Brasil. O alinhamento de Temer à política do agronegócio causou aumento das mortes no campo, e agora querem aumentar o uso de agrotóxicos nos alimentos. O corte orçamentário das universidades afeta a assistência estudantil e acaba com o financiamento da pós-graduação destruindo todas as bolsas. A redução de conteúdos e de verbas sucateia o ensino nas escolas e as mensalidades no ensino privado aumentam cada vez mais. Não aceitamos isso, queremos viver!

Nem tudo que foi planejado pelos golpistas aconteceu, porque o povo resistiu. A reforma da previdência que nos tiraria o direito de nos aposentar não foi aprovada até hoje em razão da histórica greve geral. A emenda constitucional 95 se confronta com mobilizações dos estudantes que resistem aos seus efeitos, como aconteceu com a greve dos estudantes na UFMT que barrou o aumento do preço do restaurante universitário.

Essa resistência que pulsa de diferentes formas pelo país não quer apenas evitar a implementação das maldades, mas sim, cortar o mal pela raiz. A maioria do povo não acredita que o Temer, o judiciário ou o atual congresso nacional vão fazer isso. Milhares querem eleger um candidato comprometido com seus anseios. Nesse cenário é Lula quem aparece como a alternativa, pelo que representa e pode fazer. A elite o persegue politicamente através da farsa da operação lava-jato que condenou, prendeu e o mantém encarcerado sem provas quando desponta como preferido nas pesquisas.

Assim, precisamos eleger Lula para no primeiro dia de mandato aplicar medidas de emergência como a redução dos preços dos combustíveis e gás de cozinha, e a recuperação do salário mínimo; para que tome outras medidas como o passe livre estudantil em todo o território nacional, a recuperação do FIES, o investimento em espaços públicos de cultura e lazer, compromisso com a reconstituição e ampliação do orçamento para a saúde pública, a demarcação de terra indígenas e quilombolas. Medidas que combatam o obscurantismo por meio da defesa do estado laico e do combate a toda forma de discriminação.

Lula eleito deve fazer o que ele já se comprometeu: convocar uma constituinte soberana, para que o povo eleja seus representantes com regras democráticas que garantam a relação de um eleitor/um voto, sem a influência do poder econômico e o fim do senado.

Esse processo é a oportunidade que a juventude e os trabalhadores terão, através de seus representantes, de varrer as medidas dos golpistas para atender suas reivindicações que exigem mudanças estruturais, como:

– Revogação da reforma trabalhista;

– Revogação da emenda constitucional 95;

– Revogação da reforma do ensino médio;

– Reforma política;

– Regulamentação e democratização da mídia;

– Reforma agrária;

– Reforma tributária, com taxação das grandes fortunas e tributação progressiva;

– Reforma do judiciário;

– Universalização do ensino superior público e gratuito;

– Federalização do ensino médio;

– Desmilitarização da PM, que mata a juventude;

– Legalização do aborto;

– Criminalização da LGBTfobia;

– Auditoria e fim do pagamento da dívida;

– Reestatização do que foi privatizado e defesa das estatais.

O PT perseguido pela elite reafirmou Lula candidato. Essa mesma elite não tem chances de vencer com Lula no páreo, por isso atacam sem parar. Lutaremos contra a fúria dos seus representantes, capachos do imperialismo, como Alckmin (PSDB) que pretende destruir a Educação pública cobrando mensalidades no ensino superior e prosseguir com as privatizações e ataques a soberania nacional, a partir da entrega das riquezas naturais a exemplo do nosso petróleo, e também nossa tecnologia. Enfrentaremos o judiciário, que atropela as leis e manobra para impedir a candidatura de Lula a todo custo, contando com a enorme ajuda da grande mídia para tentar manipular o povo e convencê-lo dessas falcatruas. Até os militares se assanharam e tentam amedrontar aqueles que resistem. Eles são herdeiros da ditadura e do retrocesso – como é o caso do inimigo da juventude, Bolsonaro, que destila ódio principalmente contra a população pobre, negra, mulheres e LGBT – e significam uma ameaça à democracia, a exemplo da intervenção militar no RJ que executou Marielle e Anderson e mata e silencia a juventude negra e periférica todos os dias.

O melhor caminho para enfrentar esta turbulência é junto com o PT, a maior conquista do povo brasileiro, e único instrumento capaz de aglutinar e organizar este combate. Por isso, sem abrir mão da nossa autonomia, nos constituímos como JR do Partido dos Trabalhadores, para nos inserir cada vez mais no movimento progressivo das massas e ajudar a preservar o partido ameaçado de um lado pela perseguição das instituições apodrecidas e, de outro pela política de conciliação que tanto o afastou da sua base social.

O problema para eles é que o povo não acredita e percebe a cada dia a perseguição política. Ao invés de se afastarem, se agarram cada vez mais na candidatura do ex-presidente conforme indicam as pesquisas eleitorais. Para vencer todos esses obstáculos, precisamos tornar a luta que hoje é de milhares em milhões. Queremos Lula livre, Lula candidato, para elegê-lo e dar posse para retomarmos as rédeas do país.

Lutaremos junto com os jovens petistas para o PT se manter ao lado do povo oprimido na resistência, pois é fundamental, para mudar radicalmente a realidade e nos garantir um futuro. Seguiremos na defesa da autonomia das entidades estudantis e da permanência da juventude nas escolas, universidades públicas e dos direitos dos estudantes nas faculdades particulares. Construiremos grêmios, Centros Acadêmicos e DCEs, fortalecendo a UNE e a UBES pra lutar.

Não temos dúvidas que o momento é difícil, mas é preciso prosseguir esta luta. Chamamos os jovens para se somarem conosco nesse combate. É o nosso futuro que está em jogo e por isso juntos batalhamos. Filie-se ao PT. Junte-se a Juventude Revolução.

 

Lula Livre! Lula Presidente com Constituinte!

Viva o Partido dos Trabalhadores! Viva a Juventude Revolução do PT!

 

São Bernardo do Campo, 05 de agosto de 2018.

CARTA AOS JOVENS BRASILEIROS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *