“O Congresso devia estar discutindo lei que impeça demissões”, diz prof. da Unifesp

“O Congresso devia estar discutindo lei que impeça demissões”, diz prof. da Unifesp

“Isso [a quarentena] vai ter consequências econômicas. As pessoas vão ficar sem trabalhar, sem produzir, vai haver queda na renda. Tem pequeno e médio empresário que não vai ter como manter seus negócios funcionando. O dono de um pequeno restaurante, por exemplo, não tem como manter seu restaurante se tiver que fechar durante esses meses. É óbvio que isso vai acarretar problemas. Ai que entra o governo, pra isso que serve o governo, ou deveria servir. O Estado precisa garantir renda pra população. Precisa ter um conjunto de medidas que garanta, primeiro, salário para todo trabalhador e tem que ter um decreto que impeça demissão nesse período. O que o Congresso tinha que estar discutindo agora é a votação de uma lei para impedir demissões. E se o pequeno e médio empresário não consegue pagar o salário, o governo tem que garantir o pagamento do salário [do trabalhador]. Segundo, suspensão de todos alugueis, por exemplo. Podem ser medidas combinadas: alugueis, taxas… E de onde tirará o dinheiro? Esse é um trecho da entrevista de Alberto Handfas, professor da Unifesp, pós graduado da New School de Nova York, diretor da Associação de Docentes da Unifesp (Adunifesp) e também um dos fundadores da Juventude Revolução. Assista a entrevista feita pela TV247 abaixo:

[VÍDEO] ⚠ URGENTE: Comunicado do PT da Argélia sobre o estado de saúde de Luísa Hanune

[VÍDEO] ⚠ URGENTE: Comunicado do PT da Argélia sobre o estado de saúde de Luísa Hanune

O Partido dos Trabalhadores da Argélia alerta a opinião pública sobre a situação preocupante do estado de saúde de sua secretária geral, Luísa Hanune, que está entrando em seu nono mês de prisão. “Nós apelamos a multiplicar as tomadas de posição, as mensagens às embaixadas da Argélia, a organização de delegações às embaixadas e/ou consulados e a tomar todas as iniciativas para tornar pública esta situação, apelando a todas as organizações operárias e democráticas, aos militantes e defensores dos direitos humanos.” A JRdoPT atende e reforça este apelo. 📝 MODELO DE MOÇÃO 📝 À Embaixada da Argélia em Brasília,Ao governo da Argélia, Com grande angústia e inquietação tomamos conhecimento do agravamento do estado de saúde de Luiza Hanune, Presidente do Partido dos Trabalhadores da Argélia, injustamente encarcerada na prisão de Blida desde 9 de maio de 2019. A vida de Luiza Hanune é responsabilidade do estado argelino ao qual apelamos pela sua liberdade imediata e incondicional. Assina (entidade, dirigente) ‼ VOCÊ DEVE ENVIAR SUA MOÇÃO PARA: 1⃣ EMBAIXADA DA ARGÉLIA EM BRASÍLIA SHIS – QI 9 – Conjunto 13 – Casa 1 CEP: 70.742-900 FAX: 61-3248-4691 (não tem endereço de email) 2⃣ GOVERNO DA ARGÉLIA FAX: 00-213-21-71-79-27 (não tem endereço de email) ‼ PEDIMOS QUE CÓPIAS DE TODAS AS TOMADAS DE POSIÇÃO E MOÇÕES SEJAM ENVIADAS PARA: [email protected] [email protected]

“Rui Costa, vou te dizer: privatizar não é coisa do PT!”

“Rui Costa, vou te dizer: privatizar não é coisa do PT!”

No 7° Congresso do PT, aproveitamos pra trocar aquela ideia com o governador Rui Costa. Nós, juntos com outros companheiros e companheiras da JPT, além de professores e militantes petistas, exigimos do governador a REVOGAÇÃO DA PORTARIA 770, que entrega a gestão das escolas públicas de quatro municípios do Estado às Organizações Sociais! Rui, isso nada mais é do que privatização! O governador nos convidou pra conversar no gabinete. Iremos até lá e continuaremos exigindo a revogação dessa portaria!