Recebemos com muita dor a notícia da morte do companheiro Charlione Lessa Albuquerque, jovem trabalhador de 23 anos, filho de uma dirigente sindical do Ceará. Charlione participava de uma carreata da campanha de Haddad, na cidade de Pacajus (CE). Segundo relatos dos presentes, um homem saiu de um carro branco e disparou vários tiros, matando o jovem rapaz, aos gritos de “Bolsonaro!”.

A Juventude Revolução do PT se solidariza com a família e os companheiros de Charlione. Exigimos das autoridades que seja feita a Justiça, com rigor e rapidez para que se puna os criminosos e nunca mais se repita!

De nossa parte, ajudaremos a manter viva a força da juventude rumo a um futuro melhor para todos nós. A possível virada que estamos construindo coloca o outro lado no desespero. Eles estão tentando nos intimidar! E não conseguirão! Como disse a nota da JPT: “permaneceremos nas ruas e amanhã inundaremos as urnas dos sonhos de Charlione. Não irão nos amedrontar! Não temos tempo para ter medo!”.

Conselho Nacional da Juventude Revolução do PT.

Charlione, presente! Eles não nos intimidarão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *