Unificou estudante com trabalhador!

A reforma da previdência proposta pelo governo nos fará trabalhar até morrer! Além disso, desobrigará os patrões de contribuírem com nosso salário e dará mais lucro aos bancos ao mudar o regime atual para o regime de capitalização.

A juventude foi às ruas dizer não aos cortes e, agora, é hora de se juntar aos trabalhadores e parar o país! Não vamos escolher entre estudar e aposentar como pretende o Ministro “Se a gente conseguir passar a previdência e voltar a arrecadação, volta o orçamento”. A tática do governo Bolsonaro é barganhar a educação pela previdência. Queremos um futuro digno! Por isso: Não à reforma da previdência!

Este governo que tenta retirar nossos direitos, se elegeu com o apoio das instituições apodrecidas como o judiciário. Prenderam Lula sem provas para impedi-lo de vencer as eleições, é o que foi anunciando no vazamento da Lava-Jato. Foi tudo uma fraude! Lula Livre!

É possível derrotar essa reforma!

Foi a greve geral de 2017 que impediu Temer de aprovar a reforma da previdência. Por isso, até lá são passagens em salas, assembleias estudantis e toda forma de mobilização para preparar a Greve Geral convocada pelas centrais sindicais para parar o Brasil!

Organize-se na luta! Vem com a gente!

Convidamos a cada jovem que é contra os cortes, contra a reforma da previdência e defende a liberdade de Lula a dar um passo a mais: se organize na luta! Filie-se ao PT!

DIA 14, É GREVE GERAL: NÃO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *