Em Arapiraca, interior de Alagoas, a Juventude Revolução junto com os esportistas urbanos da cidade (patinadores, e skatistas), vem construindo a luta contra a proibição da pratica de esportes radicais no parque Ceci Cunha (grande praça localizada no centro de Arapiraca).

A estrutura da cidade não oferece opção para esses atletas, os locais “apropriados” estão precisando de revitalização e mais segurança. Por falta de opção, os atletas começaram a frequentar o Parque Ceci Cunha, e foi assim desde a inauguração até o último dia 18/01, quando recebemos a notícia pelos guardas de que esses esportes foram proibidos no Parque.

Nem todos os skatistas e patinadores que frequentam o Parque Ceci Cunha são atletas que se dedicam ao esporte, alguns usam o skate e os patins apenas como meio de transporte, para se exercitar, passear ou se divertir. O direito ao esporte, diversão e lazer não pode ser arbitrariamente retirado, isso é inadmissível!  A negação desses direitos significa empurrar a juventude para as drogas e criminalidade, sobretudo em Arapiraca que é a 12ª cidade mais violenta para os jovens. Por isso, a prática de esportes radicais é essencial para a juventude.

Membros da JR, juntamente com os esportistas urbanos que estavam sendo segregados, realizaram duas reuniões, onde discutiram ações e soluções,

Uma das ações proposta pelos militantes da Juventude Revolução, foi a criação de uma associação dos esportistas urbanos de Arapiraca; a segunda fui um protesto nas ruas no dia 02/02, onde seria reivindicado o direito de circular livremente na cidade e a agilização das obras da Praça da Juventude, que desde 2010 não sai de papel.

Realizamos uma passeata em 02/02, com cerca de 15 jovens pelas ruas do centro de Arapiraca até a prefeitura. No ato os jovens levantaram cartazes que diziam “Queremos pista de Skate já!” e “prefeitura, combata a violência e as drogas, e não o esporte!”.

O vice-prefeito de Arapiraca,Yale Fernandes, recebeu uma comissão formada por esportistas e membros da JR, e garantiu investir na revitalização das pistas para esportes radicais de Arapiraca. Garantiu também o fim imediato da proibição da utilização do Parque Ceci Cunha, como também pretende formular um projeto de construção de uma pista profissional para a prática de esportes radicais.

Essa foi uma vitória da luta da juventude arapiraquense com apoio da Juventude Revolução. De nossa parte, iremos fortalecer um núcleo da JR em Arapiraca, para intensificar a mobilização cobrando a garantia do cumprimento das reivindicações. Cobraremos a revitalização das praças existentes, e construção de uma praça com estrutura profissional para a prática de esportes radicais!

Marks Werneck e ZaZo, da Coordenação da Juventude Revolução – Alagoas

Jovens em Arapiraca cobram revitalização e construção de praças de esportes radicais e conquistam direito de usar locais públicos!