Na sexta- feira passada (12/12) militantes da Juventude Revolução do Distrito Federal, mesmo embaixo de chuva, prestaram solidariedade a luta dos jovens e do povo mexicano pelo reaparecimento dos 43 jovens que foram sequestrados em Iguala, no estado de Guerrero. Fomos recebidos e protocolamos na embaixada do México um documento que exige o reaparecimento dos jovens com vida e a devida punição dos responsáveis.

Já no dia 18/12 a militantes da Juventude Revolução de São Paulo estiveram no consulado do México. A ação também contou com a participação de militantes da JPT.

No documento entregue às autoridades mexicanas a JR destacou:
“Nós, jovens brasileiros, nos somamos ao povo mexicano para exigir justiça aos 43 estudantes de Ayotzinapa (e aos mortos, aos atacados).
Também no Brasil temos uma polícia militarizada, um entulho deixado pela ditadura militar brasileira, que realiza um verdadeiro genocídio contra a juventude pobre e sobretudo negra nas periferias e favelas. Para nós, dizer com o povo mexicano #yamecansédetermiedo, é a luta por garantir que o povo tenha o direito de se organizar, sem que pague com a própria vida por isso, é a luta por uma democracia que este Estado não nos garante.
Consideramos, como o povo Mexicano que protesta, que todas as responsabilidades devem ser apuradas. O Estado é o responsável, e estamos com o povo quando reivindicam que além do prefeito e do governador, o Sr. Peña Neto, presidente do país, deve responder por esses crimes, pela extensa colaboração de vastos setores do Estado mexicano com o narcotráfico e pela política de submissão ao Imperialismo dos EUA, o que tem alimentado toda essa situação!”

Entendemos que nossa luta contra o genocídio da juventude negra e pela desmilitarização da PM é a mesma do povo mexicano. Nossa luta também é a mesma do povo negro norte – americano que tem feito mobilizações contra a decisão do júri na cidade de Ferguson no Missouri que inocenta um policial que assassinou com 6 tiros um jovem negro num caso controverso. Basta de massacre da juventude!

Conselho Nacional da Juventude Revolução

Militantes da JR fazem Ato na Embaixada e no consulado do México pelo reaparecimento dos 43 estudantes