Na última quinta-feira (15), mais um ato ocorreu no Distrito Federal (DF) em defesa da isenção do PAS (Programa de Avaliação Seriada), com cerca de 500 estudantes. Com razão, os estudantes do DF não querem pagar taxa para o vestibular da Unb!

A manifestação ocorreu durante a negociação entre a comissão e o secretário de Educação, onde foram apresentadas diversas pautas, além da isenção. O Governo se mostrou indisposto a atender os anseios dos estudantes.

Além do ataque aos estudantes, Rodrigo Rollemberg (PSB), anunciou um  pacote de ajuste que aumenta, por exemplo, a tarifa da passagem de ônibus e metrô. Além disso, aumentou também o preço do restaurante comunitário de  R$ 1,00 para R$ 3,00!!! Esses ataques fazem parte das medidas de ajuste do governo Rollemberg, reflexo do Plano Levy de ajuste fiscal, que corta os direitos e arrocha os trabalhadores para fazer superavit primário, engordando o bolso dos banqueiros e especuladores!

A batalha será árdua: diante desses ataques, é preciso uma ampla unidade da juventude e da classe trabalhadora para reter os retrocessos!

A Juventude Revolução estará presente, mobilizando para defender os direitos dos trabalhadores e da juventude. Não sairemos das ruas!

Carla Emanuelle, militante da JR no Distrito Federal.

No DF, estudantes na rua em defesa da isenção do PAS!