Nota em solidariedade à UNE

O candidato Jair Bolsonaro, que não participa dos debates e fica escondido propagando mentiras no WhatsApp, solicitou ao TSE que censurasse a União Nacional dos Estudantes que desde o dia 12 de outubro entrou na campanha do 13 por direitos e democracia.

Tal atitude reflete o caráter autoritário do candidato e foi prontamente acatado pelo Tribunal. É um conluio armado que vem fraudando as eleições. O mesmo tribunal faz vista grossa a 12 milhões de reais investidos em mensagens WhatsApp via caixa 2.

Os estudantes têm o direito de usar suas entidades, legítimos instrumentos de luta, para se posicionarem. Bolsonaro vem sendo devidamente desmascarado pelos estudantes, como a face autoritária de Temer, que vai dar continuidade a toda a sua política rejeitada pelo povo.

Estamos a postos na defesa incondicional da União Nacional dos Estudantes.

Para defender a UNE, e o direito democrático do povo se organizar, a única saída é o voto 13. Vamos na reta final virar o jogo, disputando cada voto, para eleger Haddad para restabelecer a democracia e os nossos direitos.

#DefesadaUNE
#Haddad13

Para defender a democracia, é Haddad presidente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *