O Companheiro Joelson Souza participou ontem, em nome da JR, de uma reunião em SP que contou com a participação de diversas organizações e entidades como o MST, a CUT, a UNE, Conlutas, a UJS, a JPT, o Levante Popular da Juventude entre outras.

A reunião foi um passo para começar a construir uma unidade na luta pela punição dos crimes da ditadura.

O saldo da reunião foi  positivo e decidiu pela realização de uma “semana de mobilização pela verdade e pela justiça” programada para os dias 27 de abril a 03 de maio, quando serão realizados atos e manifestações diversas, incluindo um ato nacional no RJ em conjunto com a OAB.

Decidiu ainda a constituição de uma comissão para confeccionar materiais, entre eles um cartaz unificado exigindo: PUNIÇÃO AOS CRIMES DA DITADURA! e a divulgação dos nomes dos 233 torturadores que agiram no período do regime militar.

No sentido daquilo que propunha a carta da JR foi marcada entre as organizações de juventude uma reunião dia17/04, por proposta da JR e da JPT, para discutir quais outras ações podem ser planejadas em conjunto pelos jovens.

A construção dessa unidade é fundamental para que possamos fortalecer a luta pela punição de assassinos e torturadores que atacaram tantos militantes como Honestino Guimarães, último presidente eleito da UNE antes de entrar na clandestinidade, e o estudante Edson Luís por exemplo.

Por isso mesmo, a JR vai buscar fazer em diversos estados reuniões como essa do dia 17/04 entre as organizações de juventude, para organizar a luta em cada local, ampliando esse combate.

Reunião busca construir unidade na luta pela punição dos crimes da ditadura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *