Burguesia, pequena burguesia e proletariado

Burguesia, pequena burguesia e proletariado

Leon Trotsky Toda análise séria da política deve partir da correlação entre as três classes: a burguesia, a pequena burguesia (entre esta – o campesinato) e o proletariado. A grande burguesia, economicamente poderosa, representa uma insignificante minoria da nação. Para consolidar sua dominação, vê-se obrigada a manter determinadas relações com a pequena burguesia e, através desta, com o proletariado.

As tarefas do movimento operário feminino na República Soviética

As tarefas do movimento operário feminino na República Soviética

Discurso de V. I. Lênin na IV Conferência de operários sem partido da cidade de Moscou 23 de setembro de 1919 Camaradas! Sinto-me feliz de trazer minha saudação à Conferência das Mulheres Operárias. Permitir-me-eis não tratar dos assuntos e dos problemas que hoje, necessariamente, preocupam mais que qualquer outra coisa todas as operárias e todos os elementos conscientes das massas trabalhadoras. Os problemas mais candentes são os do pão e de nossa situação militar. Mas, segundo o que apreendi dos informes de vossas reuniões, publicados nos jornais, esses temas foram aqui analisados exaustivamente pelo camarada Trotski, no que se refere ao problema militar, e pelos camaradas Jakovleva e Sviderski, no que concerne ao pão; permiti-me, portanto, não tratar dos mesmos.

Em Amargosa-BA, JR Realiza formação sobre a Revolução de Outubro

Em Amargosa-BA, JR Realiza formação sobre a Revolução de Outubro

A Formação Nacional JR “O que foi a Revolução de Outubro?” foi realizada no último sábado, dia 20 de maio, às 19h30min, na cidade de Amargosa, Vale do Jiquiriçá – Bahia. A atividade contou com a presença de 13 jovens da cidade em uma noite de muita chuva. Os jovens eram estudantes universitários e secundaristas (contamos com uma representação de D.A.). A apresentação da atividade foi feita pelo companheiro David Teixeira, professor da UFRB e militante. A abertura da atividade ocorreu com a exibição do filme “10 Dias que Mudaram o Mundo”, na sequência, o professor David Teixeira culminou o conteúdo do filme com a cartilha JR, abriu o debate para apresentação de dúvidas por parte dos ouvintes e fechamos com os questionamentos respondidos. O debate caminhou por toda a história de luta dos trabalhadores e surgiram na discussão inclusive movimentos sociais brasileiros como “Canudos” até a presente situação política que se encontra o país. Fechamos a atividade batendo um papo sobre a agenda da Juventude Revolução em Amargosa até o mês de Julho onde falamos de nossa Tese “UNE é pra Lutar!” e a importância de nossa contribuição ao CONUNE, criação do Grêmio Estudantil do CETEP e mais uma formação! Diante dessas exposições, pessoas não filiadas a JR se dispuseram a ajudar na organização do Grêmio CETEP e houve um pedido para a JR ir a uma escola em Jiquiriçá fazer uma apresentação diante a disposição dos estudantes à luta.