Nesta quarta – feira à tarde, 14/02, na Câmara Municipal de São Paulo, vários movimentos sociais, entre os quais a Juventude Revolução, fizeram um ato de solidariedade à vereadora Juliana Cardoso do PT.

16804437_2042534462640011_3371599676869689900_o

Após os assessores e comparsas do vereador Fernando Holiday (DEM), coordenador nacional do MBL, tentarem invadir e filmar uma reunião com o senador Lindberg (PT) com o mandato da vereadora, uma reunião fechada do gabinete de Juliana, Holiday divulgou vídeos distorcendo os fatos e atacando a petista, chegando inclusive a entrar com pedido de cassação do seu mandato.

O ato teve iniciou as 14h na entrada da Câmara Municipal com falas solidárias à Juliana, denunciando o ataque fascista do vereador e depois prosseguiu para o plenário, local onde Fernando Holiday revidou as acusações com ataques diretos ao Partido dos Trabalhadores, até mesmo sugeriu a extinção do PT, mostrando que serve aos interesses daqueles que querem destruir as organizações da juventude e dos trabalhadores.

Por sua vez, a vereadora descreveu o ataque desmentindo versões dele, agradeceu a solidariedade dos movimentos sociais e respondeu a altura com um pedido de cassação do mandato de Holiday pelas provocações e invasões inaceitáveis.

16711972_1324412934302868_661410563582415446_n

A Juventude Revolução que esteve presente em solidariedade a companheira Juliana repudia as ações fascistas do MBL e de Fernando Holiday e qualquer outro ataque que fere a democracia e as organizações populares.

Veridiana Santana, é militante da JR em São Paulo

Todo apoio à companheira Juliana Cardoso, vereadora do PT!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *