O governador da Bahia, Rui Costa (PT), incia sua gestão na contramão do mandato que lhe foi dado nas urnas. Assim ele anuncia o “ajuste fiscal”. Seu Secretário da Fazenda afirma que o governo “vai apertar o cinto”.

Apesar do discurso de que a educação é uma das prioridades, Rui anunciou um corte de R$264 milhões nesse setor. Isso significa, por exemplo, 65% a menos para construção, reforma e ampliação de escolas!

Será que o governador acha que a educação pública está numa boa situação? Escolas sem professores, sem laboratórios, necessitando urgentemente de reformas requerem mais investimento!

Não foi para isso que os movimentos sociais, organizações e entidades votaram em Rui Costa (PT)! Foi para barrar a volta do coronelismo do DEM e atender nossas reivindicações!

À época das eleições, nós afirmamos: “[…] definimos o apoio para governador do Estado à candidatura de Rui Costa, do PT, para que ele aprove o Passe Livre Estudantil, restabeleça o imediato suprimento de merendas escolares de qualidade, aplique integralmente a Lei do Piso dos Professores e assuma o compromisso de reestruturar todas as escolas do Estado.”

Chamamos todas as entidades estudantis e de professores a defender a educação pública!

Rui Costa, não aceitamos nenhum corte no orçamento! Queremos mais investimento!

Rodrigo Lantyer, militante da JR em Salvador.

Governo do PT na Bahia corta orçamento da educação
Classificado como: