O auditório do Sindicato dos Bancários esteve lotado na última segunda-feira (13) no lançamento do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva em Alagoas. A atividade contou com a presença da CUT, MST, UNE, SINTEAL, UNEAL, Marcha Mundial das Mulheres, Juventude Revolução, Grêmio estudantil da Escola Salete de Gusmão entre dezenas de outras entidades e organizações da juventude e classe trabalhadora do campo e da cidade.

A palestra com o dirigente nacional do MST, João Pedro Stédile, foi o ponto alto da atividade. Ele dialogou sobre a necessidade de construir de forma unitária o Plebiscito Popular por uma Constituinte para fazer a Reforma Política, como forma de abrir caminho ao atendimento das demandas populares como: educação, saúde, transporte público, reforma agrária e urbana, restatização das empresas privatizadas etc. Uma reforma política que acabe com o financiamento privado de campanhas eleitorais seria um importante passo estratégico que fortaleceria forças populares na disputa e conquista do poder.

Nós da Juventude Revolução estamos construindo essa campanha junto com outras organizações e entidades da juventude e classe trabalhadora por entender que uma constituinte exclusiva para fazer a reforma política é um avanço. Essa será campanha de massas que vai abrir um amplo espaço para que se levante outras reivindicações represadas pelo congresso e as instituições conservadoras: Fim do pagamento dos juros da dívida pública (superávit fiscal primário); Mais verbas para a educação; Re-estatização das empresas privatizadas; Fim do genocídio contra a juventude negra; Desmilitarização da polícia; Punição aos crimes da ditadura militar entre outras.

Até setembro, estaremos engajados mobilizando a juventude nos bairros, escolas, locais de trabalho e universidades, fortalecendo o plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva Soberana do Sistema Político!

Clique e veja PORQUE LUTAMOS POR UMA CONSTITUINTE ATRAVÉS DO PLEBISCITO POPULAR

Zazo, militante da Juventude Revolução – AL

JR-AL participa do lançamento do Plebiscito Popular por uma Constituinte para fazer a Reforma Política