Nessa quarta-feira (09/09), mais de 600 estudantes das escolas do Distrito Federal se mobilizaram e fizeram uma grande manifestação dizendo não ao fim da isenção do PAS (Programa de Avaliação Seriada) da Universidade de Brasília (Unb).

Há mais de dez anos os alunos de escolas publicas do DF são isentos da taxa de inscrição da prova da Unb, porém, por uma decisão do Governador, cancelaram o contrato com o CESPE (centro de seleção que realiza o vestibular da Unb), fazendo com que os estudantes paguem R$ 100,00 para fazer a prova!

Já sofremos todos os dias com nossas escolas sucateadas, sem estrutura, com professores desvalorizados. Os recentes cortes na educação, parte do ajuste fiscal do Plano Levy, precarizam ainda mais a nossa educação. Como se não bastasse, a Agenda Brasil (Plano Renan Levy) quer tirar a obrigatoriedade de investimento mínimo em educação!

Não aceitaremos nenhum ataque à juventude! Não abriremos mão dos nossos direitos! Ter acesso a universidade publica é um direito nosso e o pagamento de taxas é uma clara tentativa de fazer com que a UnB se elitize ainda mais. Isso restringe o acesso ao ensino superior!

Pela manutenção da isenção do PAS! Não vai ter taxa!

Confira a reportagem sobre o ato e entrevista com Victor, militante da JR e diretor da UBES.

Carla Emanuelle, é militante da JR no Gama-DF.

Luta dos secundas no DF: “não vai ter taxa”!