Salvador: mais de 300 mil pelo voto 13, Haddad presidente!

Pra dar o ânimo da possível virada nas urnas, o dia 27/10 em Salvador foi histórico. Mais de 300 mil pessoas, gritavam por Haddad presidente, pelo voto 13. Um rio de gente acompanhava o mar da orla da cidade, mandando o recado ao Brasil inteiro: “vamo virar ê ô!” A Juventude Revolução do PT esteve presente no meio da multidão, agitando aqueles que estavam ao nosso redor com palavras de ordem. A animação da galera foi fundamental para dar o gás nesses últimos dias de campanha. Como disse Danilo, militante da JR do PT, “quando vi aquele mar vermelho de pessoas da Ondina até a Barra foi algo inexplicável. A partir daquele momento, vi sim que é possível uma virada e que o Nordeste ainda é sinônimo de resistência.”. Panfletagem nos bairros dia 28 No dia seguinte, sem parar, a Juventude Revolução do PT realizou panfletagem e colagem de lambes em um conjunto habitacional do programa “Minha Casa, minha Vida”, também em Salvador. A receptividade era impressionante! O povo gritava “Haddad”, “é 13”, descia das casas, saia dos bares e mercados para pegar adesivos e panfletos. A virada é real! Estaremos na luta até o último segundo! Rodrigo Lantyer, membro do Conselho Nacional da Juventude Revolução do PT.

Juventude do Partido Trabalhista da Grã Bretanha apoia o PT no Brasil

Juventude do Partido Trabalhista da Grã Bretanha apoia o PT no Brasil

A Juventude do Partido Trabalhista da Grã Bretanha (Young Labour) declarou seu apoio ao presidente Lula, e o transformou em seu presidente honorário. Às vésperas de uma eleição decisiva no cenário político brasileiro, essa é mais uma manifestação importante a nível internacional, aumentando a força da candidatura do PT. O tradicional Labor Party (Partido trabalhista Britanico) teve milhares de filiações, sobretudo de jovens, após as eleições de 2015 quando o deputado Jeremy Corbin encabeçou a luta contra os cortes e as privatizações, política imposta pelo imperialismo através da União Europeia e sustentada pela antiga direção derrotada na disputa interna. O apoio do Young Labour, sem dúvida, significa mais alguns braços e ainda mais fôlego para continuar uma ampla campanha pela vitória do 13 no dia 07/10/2018! Lula é Haddad com Constituinte! Confira a declaração na íntegra: _______________________________________________________ Declaração do YOUNG LABOUR (Juventude do Partido Trabalhista da Grã Bretanha): Porquê Elegemos Lula Nosso Presidente de Honra 3 de outubro de 2018 “não importa quantas rosas matem, eles nunca conseguirão impedir a chegada da primavera”. Desde o início de abril, Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-presidente, socialista, do Brasil, vem sendo mantido numa solitária com limitado acesso ao mundo exterior – após ter sido sentenciado a 12 anos de prisão. Durante todo período que levou sua prisão, ele foi submetido – e continua sendo – a um processo midiático, como parte de uma campanha de calúnias e difamações articulada e organizada pelas classes dominantes do Brasil contra o movimento dos trabalhadores, que luta contra os privilégios de tal elite. A sentença contra Lula é violentamente desproporcional às acusações atribuídas a ele – que estão longe de serem inequívocas. A acusação central, baseada em delações premiadas – devidamente barganhadas – de empresários processados por corrupção, é que teria sido oferecido a ele um apartamento (o qual ele nunca usou). Mas a verdadeira razão para punirem Lula é que nos próximos dias o Brasil enfrentará uma eleição que terá profunda importância aos rumos futuros do país. Nesta eleição, o candidato preferido pelos brasileiros reacionários é Jair Bolsonaro, um candidato de extrema-direita [que se apresenta como] “anti-sistema”. Bolsonaro, que abertamente se diz simpatizante da ditadura militar, promete continuar com todas as políticas neoliberais do presidente Michel Temer, que esteve envolvido no golpe “suave” contra a presidenta socialista Dilma Rousseff em 2016. Depois de anular a vontade democrática 54 milhões de brasileiros removendo Rousseff, Temer colocou em marcha sua política de austeridade: ele impôs um congelamento de 20 anos nos gastos públicos, e deixou claro sua intenção de privatizar a empresa estatal brasileira de petróleo. Paulo Guedes, o cérebro econômico (treinado na universidade de Chicago) de Bolsonaro, pretende continuar essa trajetória e anuncia “privatizar tudo” como solução declarada ao “caos” da economia brasileira. Todas as pesquisas eleitorais mostram que Lula era de longe o mais popular dentre todos os candidatos. Tendo sido um trabalhador sem formação acadêmica, militante sindicalista e uma figura política inata com grande experiência, Lula tem representado a resistência do povo brasileiro

Pela educação eu voto 13!

Pela educação eu voto 13!

As eleições estão chegando, a perspectiva de futuro da juventude está em jogo. No ensino superior privado os estudantes se endividam com o novo FIES e têm cada vez mais disciplinas à distância. Os prounistas enfrentam uma cláusula de desempenho sufocante. As universidades públicas são destruídas pela EC 95 que gera redução de bolsas, paralisação de obras e demissões de funcionários.

Caminhada com Haddad/Lula na Bahia!

Caminhada com Haddad/Lula na Bahia!

No dia 15/09, em Vitória da Conquista (BA), cerca de 5 mil pessoas, percorreram as ruas ao lado do candidato a presidência pelo PT, Fernando Haddad, e sua vice Manuela D’Ávila. Também estiveram presentes o governador Rui Costa (PT) e Jaques Wagner candidato ao Senado pelo PT. A Juventude Revolução do PT esteve presente na caminhada, e com palavras de ordem em cartazes reivindicamos o “Voto 13 pra fazer constituinte e barrar as medidas dos golpistas” e “Liberdade ao presidente Lula”.   Haddad demostrou que é Lula e reafirmou seu compromisso com o presidente, preso injustamente em Curitiba. Em sua fala, provocou os golpistas e demonstrou a vontade de retomar o Brasil para o povo brasileiro: “A essa altura, eles já devem ter percebido que prenderam o cara errado. Prenderam o Lula, mas não as ideias dele, o projeto, a militância dele. O dia da resposta está chegando, e 7 de outubro a Bahia vai dizer: o golpe acabou, o Brasil é nosso”, desabafou. Nós jovens queremos Haddad presidente para que junto ao presidente Lula possa convocar uma constituinte soberana pra revogar as medidas do governo golpistas e retomar os investimentos em educação, saúde e cultura. A Juventude quer emprego e educação! Voto 13! Haddad é Lula com constituinte! Marcello, militante da Juventude Revolução do PT em Vitória da Conquista (BA)

Bahia: toda força na campanha do voto 13!

Bahia: toda força na campanha do voto 13!

Na quarta feira, 12 de setembro, a Juventude Revolução do PT, junto com estudantes agitou a juventude e colocou a campanha do voto 13 na rua! Centenas de panfletos foram distribuídos e realizamos uma reunião com cerca de 30 jovens para conversar sobre a situação política e a campanha do voto 13! Como diz o panfleto da JR do PT, “Haddad é Lula!”. Esse foi o sentimento dos estudantes, que apontaram a importância da unidade e do fortalecimento da campanha de Haddad, mostrando a população que o candidato a presidente não abandonará o projeto de Lula, ou seja, o projeto do PT para a nação. Em Salvador (BA), Haddad também é Lula! Já na quinta-feria, a Juventude Revolução do PT realizou panfletagem com estudantes em Salvador. A receptividade sempre tem sido muito boa. Os jovens aplaudem e pedem para ajudar na campanha do PT, do voto 13! Uma jovem publicou no seu stories do Instagram a foto do panfleto da JR e escreveu: “É Lula que você quer? Então toma aí!!” Não tem outro jeito. A saída para o desemprego na juventude e para o sucateamento das escolas e universidades públicas é o voto 13, já que Haddad é Lula presidente!   Colararam para esta matéria: Sandro Matos e Rodrigo Lantyer, militantes da Juventude Revolução do PT, em Salvador, Bahia.

CARTA DE LULA AO POVO BRASILEIRO

CARTA DE LULA AO POVO BRASILEIRO

A Juventude Revolução do Partido dos Trabalhadores (JR do PT) publica aqui a “Carta de Lula ao Povo Brasileiro”. A Comissão Executiva Nacional do PT decidiu, por unanimidade, o nome de Fernando Haddad para assumir a candidatura à presidência na chapa encabeçada pelo PT. Nós iremos manter a resistência, junto com o PT, denunciado o golpe que já levou milhões de jovens à pobreza e ao desemprego.  Como diz Lula na carta: “Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros.”. Nosso voto é 13! Haddad é Lula pra fazer uma Assembleia Constituinte Soberana e refundar as instituições apodrecidas do país! Carta de Lula ao Povo Brasileiro Meus amigos e minhas amigas, Vocês já devem saber que os tribunais proibiram minha candidatura a presidente da República. Na verdade, proibiram o povo brasileiro de votar livremente para mudar a triste realidade do país. Nunca aceitei a injustiça nem vou aceitar. Há mais de 40 anos ando junto com o povo, defendendo a igualdade e a transformação do Brasil num país melhor e mais justo. E foi andando pelo nosso país que vi de perto o sofrimento queimando na alma e a esperança brilhando de novo nos olhos da nossa gente. Vi a indignação com as coisas muito erradas que estão acontecendo e a vontade de melhorar de vida outra vez. Foi para corrigir tantos erros e renovar a esperança no futuro que decidi ser candidato a presidente. E apesar das mentiras e da perseguição, o povo nos abraçou nas ruas e nos levou à liderança disparada em todas as pesquisas. Há mais de cinco meses estou preso injustamente. Não cometi nenhum crime e fui condenado pela imprensa muito antes de ser julgado. Continuo desafiando os procuradores da Lava Jato, o juiz Sérgio Moro e o TRF-4 a apresentarem uma única prova contra mim, pois não se pode condenar ninguém por crimes que não praticou, por dinheiro que não desviou, por atos indeterminados. Minha condenação é uma farsa judicial, uma vingança política, sempre usando medidas de exceção contra mim. Eles não querem prender e interditar apenas o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva. Querem prender e interditar o projeto de Brasil que a maioria aprovou em quatro eleições consecutivas, e que só foi interrompido por um golpe contra uma presidenta legitimamente eleita, que não cometeu crime de responsabilidade, jogando o país no caos. Vocês me conhecem e sabem que eu jamais desistiria de lutar. Perdi minha companheira Marisa, amargurada com tudo o que aconteceu a nossa família, mas não desisti, até em homenagem a sua memória. Enfrentei as acusações com base na lei e no direito. Denunciei as mentiras e os abusos de autoridade em todos os tribunais, inclusive no Comitê de Direitos Humanos da ONU, que reconheceu meu direito de ser candidato. A comunidade jurídica, dentro e fora do país, indignou-se com as aberrações cometidas por Sergio Moro e pelo Tribunal de Porto Alegre. Lideranças de todo o mundo denunciaram o