Estudantes da Escola Municipal Jaime Miranda (Maceió-AL), participaram do Debate sobre o Plebiscito Popular por uma Constituinte para fazer a Reforma Política na última quarta (28/05). O Debate contou com a presença de professores e cerca de 60 estudantes do ensino fundamental. Na discussão foi dito sobre o que é um plebiscito popular e como ele pode criar uma força política necessária para que a presidenta Dilma apoie o Plebiscito e convoque uma Constituinte para Reformar o Sistema político.


O Congresso Nacional é formado por uma maioria de representantes das classes dominantes, são os grandes donos de terras, empresários, industriários que têm suas campanhas eleitorais financiadas por empresas privadas. Por conta disso, reivindicações elementares dos trabalhadores e da juventude não são aprovadas por esse congresso, tais como: Redução da jornada de trabalho para 40hs (sem redução do salário); Fim do fator previdenciário (que reduz aposentadorias em até 40%); Desmilitarização da PM; 10% do PIB para a educação etc. Está claro que congresso não nos representa, por isso é necessário  dar voz ao povo, mudando as regras desse sistema político para que as reformas profundas para avançar nas conquistas sociais possam ser concretizadas.

Esse debate foi realizado pelo Cômite Estadual do Plebiscito Popular e Juventude Revolução, como continuidade dessa atividade, os estudantes serão convidados a integrarem o Comitê do Plebiscito que será formado por estudantes, moradores e militantes da região do Tabuleiro (Periferia de Maceió).

Dezenas de estudantes participam de debate sobre a Constituinte em Maceió