A FUP (Federação Unica dos Petroleiros) está convocando para o dia 24/07 uma greve de 24 horas contra o novo plano de gestão e negócios aprovado pelo Conselho de administração da empresa que prevê um desinvestimento de bilhões de reais afetando projetos de produção e propõe a venda de ativos da empresa, o que aprofunda o processo de privatização, passando parte da empresa para a inciativa privada.

A greve também se posiciona contra o PLS 131/15 de autoria do Senador José Serra do PSDB, que propõe acabar com o regime de partilha em favor da concessão, pondo fim à obrigatoriedade da participação da Petrobras na exploração do Pré Sal.

Ambas as medidas, tando o desinvestimento e a venda de ativos aprovados no plano de gestão e negócios, quanto a proposta de Serra contra a partilha ameaçam a empresa como estatal, colocam em risco o emprego de milhares de trabalhadores terceirizados e podem afetar toda a nação, a começar pelo próprio financiamento da educação pública que está vinculado ao fundo social do pré sal para a educação.

Quem ganharia com isso são as aves de rapina do Imperialismo, donos das grandes petorleiras multinacionais.

Por esses motivos, o movimento de greve construído pela FUP e que vem sendo aprovado em assembleias pela categoria dos petroleiros tem um papel crucial não só para os próprios trabalhadores da empresa mas para o trabalhadores e jovens de todo o país.

Neste dia a JR estará junto dos petroleiros, ajudando nas paralisações e manifestações, buscando construir essa luta que é de toda a nação, convidamos cada jovem a se somar a esta luta para defender a Petrobras como patrimônio do povo brasileiro. Somos todos petroleiros!

Dia 24/07 somos todos petroleiros! Vamos juntos construir a greve!