O núcleo de Cuiabá, organizou no dia 31, véspera do golpe militar de 64, um debate em torno do tema: ditadura e polícia. Cerca de 80 estudantes estiveram presentes para discutir a desmilitarização da PM, contando com a contribuição do ex militante Robinson Cireia, professor da rede estadual, e o professor/radialista Johnny Marcus, que contextualizaram a ditadura e o papel da imprensa na época, abordando, inclusive, o tema da Democratização da Mídia.

Esteve presente, também como facilitador, um Tenente-Coronel, doutor em Ciências Sociais, que contribuiu com seu conhecimento mais profundo sobre a polícia e entrou de fato no assunto da desmilitarização.

Sendo um debate muito enriquecedor, aproveitamos também para abordar a questão da Constituinte e a campanha do Plebiscito Popular, como uma solução para reformar as instituições herdadas da ditadura, como a própria policia.

Maria Clara, é militante da Juventude Revolução em Cuiabá.

JR Cuiabá realiza Ato-Debate sobre os 50 anos do Golpe Militar