Os áudios divulgados em reportagem pelo UOL que mostram o vínculo financeiro do Movimento Brasil Livre (MBL) com partidos como PSDB, DEM e PMDB, além do Solidariedade, são mais uma evidência de pelo menos duas coisas: Em primeiro lugar que não só os partidos de oposição (PSDB e DEM) financiavam as manifestações coxinhas “pelo impeachment” como o PMDB, o “aliado” conspirador fazia a mesma coisa, enquanto ocupava a vice presidência e diversos ministérios, demonstrando o caráter golpista do impechament.


Em segundo lugar: não passava de mentira e enganação o discurso de independência e de combate à corrupção deste movimento que pretende dar uma cara “jovem” ao golpismo. Quem pode acreditar que um movimento é independente e que realmente combate a corrupção recebendo dinheiro de partidos corruptos como PMDB do ilegítimo Temer e Cunha, do PSDB de Aécio e Alckmin, o DEM de “Mendoncinha” e Pauderney e o Solidariedade, de Paulinho da Força, todos estes conhecidos “bastiões” da moral e da luta contra a corrupção?


Piada de mau gosto. Como bem diz o ditado, quem paga a banda escolhe a música. E o MBL é mais um que tem dançado a música escolhida pelos partidos golpistas, que tem alta rejeição do povo brasileiro.


Para nós da Juventude Revolução, é evidente que não se pode ter independência política sendo financiado pelos inimigos declarados da juventude, os mesmos velhos corruptos que com o golpe pretendem atacar a educação pública, entregar o pré sal às multinacionais e destruir os direitos trabalhistas.


Mais ainda, é impossível ter verdadeira independência política sem uma completa independência financeira, e por isso construímos nossa organização unicamente baseada na contribuição dos nossos próprios militantes, de militantes e simpatizantes de nossa luta no movimento dos trabalhadores e da juventude e da venda de nossos materiais.


Quem quiser reforçar a luta da juventude contra o golpe impulsionado pelo PMDB, PSDB, DEM, e organizações como o MBL, pode contribuir com a JR, que está na luta em todo o país para resistir às medidas dos golpistas é pela volta da presidente legitimamente eleita, Dilma Roussef, para que cumpra o mandato que recebeu nas urnas em 2014, atendendo os interesses de jovens e trabalhadores!


Contribua com nossa luta, entre em contato!

P(MBL)DB?