Hoje (24) os militantes da Juventude Revolução participaram do ato no Senado Federal em conjunto com as diretorias da UBES, UNE e da Federação Unica dos Petroleiros (FUP) contra o PLS 131 do Senador José Serra (PSDB).

O presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB), impediu a entrada dos estudantes e petroleiros nas galerias do plenário para acompanhar a votação. Mesmo assim, seguimos em unidade cantando palavras de ordem e demonstrando nossa disposição em lutar contra as tentativas de retirada da Petrobras como única operadora do pré-sal, entregando-o para as multinacionais.

O projeto foi aprovado em primeira votação no Senado e agora vai para a câmara, depois de um acordo inaceitável do governo Dilma com Serra. A maioria dos parlamentares do PT votou contra o acordo proposto pelo governo.

A luta seguirá firme. Defender o Pré sal é defender a soberania da nação, a educação e a saúde!

Sarah Lindalva, diretora de movimentos sociais da UNE e militante da JR no DF.

Senado quer entregar Pré-sal à multinacionais! Nós não vamos deixar!