Convocado pelo Articulação pela memória, verdade e justiça em São Paulo, para o dia 11 de novembro as 14h em São paulo, no MASP, o escracho de José Maria Marin.

José Maria Marin é atual presidente da CBF e da COL (Comitê Organizador Local da Copa do Mundo), foi deputado estadual e vice-governador de Paulo Maluf e é também apontado como um dos responsáveis pelo “suicídio pela ditadura” de Vladimir Herzog, Jornalista da TV Cultura,  que ficou claro com um depoimento 16 diaas antes da morte do assassinato de Herzog, na assembléia Legislativa, em que acusava os jornalistas da TV cultura de gerar “intraquilidades” em São Paulo. Depoimento que desencadeou repressão cntra os jornalistas. Na época Vlado (como era conhecido Herzog) era o diretor de jornalismo.

A JR São paulo está participando da mobilização e convocação do Escracho e estará presente amanhã, onde será distribuido o boletm estadual que convida a prosseguir a luta pela punição aos crimes da ditadura, reforçando novas manifestações, escrachos e a luta para varrer os entulhos da ditadura.

Vamos escrachar José Maria Marin! É preciso punir os crimes da ditadura!