Campanha reivindica autonomia para JPT e prepara Congresso

A Juventude Revolução do PT vem organizando uma campanha de filiação ao partido onde reivindica autonomia para a Juventude do PT. A iniciativa busca trazer mais jovens para organizar a luta “pelo fim desse governo autoritário, por um futuro com educação, emprego, esporte, saúde, cultura e lazer”, diz a ficha de filiação utilizada nas atividades. A campanha também prepara participação no 5º Congresso da Juventude do PT (11 a 14/6) que prevê a participação de novos filiados até 10 de fevereiro.

Diversos núcleos discutem iniciativas com criatividade no verão. O núcleo de Volta Redonda (RJ), por exemplo, convidou nas redes: “a JR-PT VR tá com banquinha de filiação e venda de brigadeiros na praça ao lado do Bar Cantinho Gourmet!!! Vem se filiar com a gente!”. A atividade ocorreu no bairro Belmonte em local de concentração jovem onde circularam nas ruas com abaixo assinado que exige a anulação dos processos contra Lula. Segundo Estevão, militante do núcleo, “esgotaram todas as folhas do abaixo assinado de tanta adesão. Vários jovens queriam saber da campanha e se interessavam na ideia de se filiar. 6 assinaram a ficha. Foi uma experiência massa”.

O resultado positivo da atividade confirma a disposição de setores da juventude para continuar na resistência e, neste movimento, se organizar. Muitos deles buscam o PT. Esse tipo de campanha com ânimo e cara jovem é um bom meio de chegar a milhares que não aguentam mais serem sufocados pelo autoritarismo e obscurantismo do governo Bolsonaro. Para combatê-lo é necessária uma juventude do PT autônoma que integre essa disposição que vários jovens demonstram ao serem abordados nesta campanha. Querem se organizar, pensar e agir com suas próprias pernas, sem autorização de ninguém.

Esse ano será marcado pela resistência contra o imperialismo em vários países, como Argélia e Chile, e aqui, contra Bolsonaro, capacho de Trump. No país onde o desemprego jovem bate recordes, o genocídio contra a juventude negra aumenta, como visto em Paraisópolis, a educação sofre cortes, o futuro se torna uma grande interrogação.

Resistir buscando organizar a juventude petista na defesa da sua autonomia é um caminho necessário. Por isso tem todo lugar esta campanha de filiação que prepara o Congresso da JPT neste primeiro semestre.

Jeffei, militante da Juventude Revolução do PT em Volta Redonda – RJ.

Publicado originalmente no Jornal O Trabalho n° 859.

“Vem se filiar com a gente!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *