Em todas as cidades da Argélia, uma vez mais, os estudantes foram às ruas. E pela décima sétima terça-feira consecutiva. Em Argel, eles eram dezenas de milhares a se manifestar apesar do gigantesco aparato policial que bloqueava os acessos à praça em frente ao prédio principal dos Correios.

A palavra de ordem em todas as manifestações estudantis é, em primeiro lugar, o rechaço ao “diálogo” chamado pelo presidente em exercício e a exigência de que ele caia fora!Muitas palavras de ordem também questionam o papel do chefe do Estado Maior (das forças armadas, NdT): “Estado civil, chega de regime militar!”

Publicado originalmente no jornal Informations Ouvrières

11 de junho na Argélia: Os estudantes outra vez nas ruas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *