Na tarde de domingo, dia 15 de abril, 10 jovens da região fundaram o Núcleo da Juventude Revolução. Eles são secundaristas, jovens universitários e trabalhadores que durante 2 horas discutiram as perspectivas de construção dessa organização política de juventude numa região da capital de São Paulo onde vivem mais de 250 mil habitantes.

Abrindo a reunião e dando as boas vindas aos convidados, Giovanne, um dos idealizadores e signatários da carta que convocou o evento, apresentou a Coordenação Nacional da JR que explicou as origens do movimento, suas principais lutas e a perspectiva de organização internacional da juventude propiciada pela Conferência realizada em Argel. Os jovens se apresentaram e logo o debate se iniciou.

Uma das perspectivas apontadas para a construção da JR será o contato com jovens nas escolas públicas secundaristas com o objetivo de animar a criação de Grêmios. Outra questão é a falta de um grande Centro Cultural que possa ser um espaço de convivência e de desenvolvimento da cultura e arte. No final, quatro companheiros se dispuseram a compor a delegação paulista para o Encontro Nacional da JR, além de discutir dispositivos de arrecadação financeira.

A reunião contou ainda com a presença de antigos militantes do Diretório do PT local que apóiam a iniciativa. Animados, os jovens marcaram o próximo encontro para a semana seguinte.

Fundado Núcleo da JR na Vila Maria, em São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *