A Juventude Revolução do PT de Minas Gerais repudia completamente a abordagem racista da segurança da UFMG neste sábado (28) que, como pode ser visto em vídeo feito por pessoas que estavam no local, um estudante negro foi agredido com socos e chutes no campus da Pampulha em BH.

De acordo com o Boletim de Ocorrência feito pela vítima, foram feitas três abordagens. Na primeira, esclareceu que era ex-aluno e que iria se matricular em um curso do Centro de Extensão da Faculdade de Letras. Na segunda, questionaram o caminho que o ex-estudante fazia. Já na terceira, três seguranças se aproximaram acusando o rapaz de fingir ser estudante para ROUBAR outros alunos e que ele seria expulso do campus. Daí em diante, as agressões físicas começaram.

Nos solidarizamos à vitima e nos somamos as entidades, movimentos e todos estudantes que se indignam com este ocorrido e apoiamos que todas as medidas cabíveis sejam tomadas para que não tenhamos mais acontecimentos como esse, consequência do racismo estrutural no Brasil, que fere e tira vidas de negros e negras todos os dias no país.


JRdoPT-MG – 30/09/2019

Nota de repudio ao caso de racismo na UFMG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *