O candidato a prefeito do município de São Paulo pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Fernando Haddad, fez uma visita no último dia 04 ao bairro da Vila Maria, bairro na Zona Norte de São Paulo. O núcleo da Juventude Revolução Vila Maria aproveitou a visita e organizou um ato, em plena segunda-feira, para entregar ao candidato uma carta de compromisso de construção de um Centro Cultural público, no antigo prédio da Subprefeitura local, hoje abandonado, prédio que ocupa um quarteirão inteiro. Essa é uma antiga reivindicação da juventude da Vila Maria, que é obrigada a ficar em praças, sem espaço, e sem oportunidade de freqüentar cinemas, teatros, espetáculos de danças, ou praticar esportes, como futebol, skate etc.

Fernando Haddad Chegou ao local do ato pó volta das 16h. Assim que ele chegou, Giovanne Santos, um dos coordenadores do Núcleo da Vila Maria, entregou a carta de reivindicação exigindo o compromisso. Após Giovanne mostrar ao candidato o prédio abandonado e dar tempo para Haddad ler a carta, um compromisso foi firmado: “Se eu ganhar a eleição irei construir um Centro Cultural na região”. Um dos jovens presentes, skatista, falou em seguida: “nós também precisamos de uma pista para andar de skate”. Hoje, por falta de área adequada, a juventude acaba tendo de correr risco de atropelamento e fraturas mais graves.

Como lembra a resolução do 12º Encontro Nacional da Juventude Revolução: “Não somos uma organização do PT e tampouco compartilhamos toda a política da direção do PT, mas reconhecemos no PT o partido com o qual os trabalhadores e grande parte da juventude tem relações e a quem portanto dirigem suas reivindicações.  Por isso indicamos voto em candidatos do Partido dos Trabalhadores, que expressam o movimento histórico que fizeram os trabalhadores e de quem podemos, junto com as massas, cobrar o atendimento das reivindicações!”

Esse foi o primeiro passo. Após a discussão política, entrega da carta, agitação das bandeias da Juventude Revolução, foi organizada uma plenária no local, com 10 jovens presentes, que tirou alguns encaminhamentos. Será realizada uma próxima reunião do Núcleo Vila Maria no dia 24 de junho para lançar um boletim local da JR para impulsionar a campanha pelo Centro Cultural e organizar um ato-show, com vários estilos de música, como Samba, Hip-Hop, Rock e falas políticas e massificar a campanha envolvendo o conjunto da juventude do bairro.

Afinal, sabemos que só a nossa mobilização independente pode trazer esse centro cultural. Mesmo porque, nas eleições tudo pode acontecer, e estando organizados, sabemos que vamos conseguir mais essa vitória.

Carlos Henrique, é militante da JR em SãoPaulo.

Núcleo da JR em Vila Maria, SP, lança campanha por um centro cultural na visita de Fernando Haddad

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *