Os estudantes da UFRJ realizaram no último dia 29 uma assembleia que reuniu mais de dois mil estudantes, a pauta era apoio ou não ao movimento nacional desencadeado pela greve dos professores universitários e deflagração ou não de greve estudantil em todos os campi.

Com muitas limitações como por exemplo espaço e o grande calor a maioria dos estudantes se manteve até o final, onde foi aprovado o apoio a greve docente e a deflagração da greve estudantil.

É necessário apoiar a mobilização dos professores como parte da campanha pela valorização da carreira, assim como dizer que a precarização da carreira faz parte do sucateamento dos serviços públicos e exigir do governo Dilma que abra as negociações com os grevistas.

Nesse momento temos que intensificar as mobilizações levando ao corpo do movimento uma pauta do conjunto dos estudantes por melhorias na educação, como mais verbas para assistência estudantil, livre acesso a universidade, expansão com qualidade e etc, e para ter essas reivindicações atendidas é necessário que formemos um comando nacional de greve afim de unificar as lutas.

 A perspectiva de formação de um comando Nacional unificado de greve das federais durante o Conselho Nacional de Entidades Gerais da UNE como aponta a ultima reunião de sua diretoria executiva é boa. Agora é preciso trabalhar nesse sentido e consolidar isso durante os dias 15, 16 e 17.

Artur Ribeiro, é militante da JR- RJ e estudante da UFRJ

Organizar a luta dos estudantes cariocas e construir um comitê nacional unificado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *