Ocorreu no ultimo domingo (18/03) a plenária da Juventude Revolução – SP que reuniu cerca de 20 jovens entre estudantes secundaristas, universitários, pós graduandos e trabalhadores, vindos de diferentes regiões da cidade e do Interior do estado.

Depois de uma apresentação da JR para os jovens que estavam conhecendo a organização, os presentes leram o boletim e debateram a campanha pela retirada das tropas do Haiti e a necessidade da JR SP se engajar na preparação da jornada pela retirada das tropas que ocorrerá em 1° de junho com atos por todo o Continente.

Em seguida foi a vez de cada um falar sobre a situação que está confrontado na sua escola, universidade ou bairro.

Como uma estudante da USP-Leste por exemplo, que relatou a situação de desregulamentação profissional pelo qual passam muitas profissões criadas com cursos novos como gerontologia e obstetrícia, e propôs colocar esse debate em pauta no 12° ENJR.

Ou um jovem secundarista do Ipiranga que destacou a necessidade de criar um grêmio em sua escola para lutar pela melhoria da qualidade do Ensino. Como ele explicou: “há dias em que o professor, que está desvalorizado, falta, ou simplesmente não há professor para uma matéria, e nós queremos estudar. precisamos lutar!”.

Os militantes debateram o que poderia ser feito em cada lugar e decidiram continuar organizados, através da criação de núcleos em cada bairro ou faculdade, para que pudessem desenvolver as lutas de maneira organizada e ainda preparar uma delegação para o 12° ENJR.

Foram marcadas atividades de arrecadação e uma nova plenária para o dia 14/04 que além de aprofundar a discussão da organização da JR em SP e de suas lutas deve também eleger os delegados para o 12° ENJR.

Luã Cupolillo, pelo Conselho Nacional da Juventude Revolução

Plenária da JR em SP reúne 20 jovens, debate as lutas e prepara delegação para o 12° ENJR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *