whatsapp-image-2016-11-11-at-14-12-24

A Juventude Revolução núcleo Parintins-AM vem ganhando admiradores de todas as idades e apesar de ter sido fundada por estudantes da UEA, tem recebido adeptos de todas as instituições de ensino e isso tem reavivado a força jovem na luta contra os desmandos do governo de Michel Temer, por nenhum direito a menos e contra a pec55.

A JR, juntamente com o DRE e CAs da UEA, no dia 09.11 aprovaram em assembleia estudantil a ocupação simbólica do prédio da universidade e também construíram um cronograma de atividades que inclui ocupações aleatórias até o final do semestre acadêmico.

whatsapp-image-2016-11-12-at-17-09-19

No dia 10, dia que antecedeu a mobilização nacional, os estudantes ocuparam o prédio da universidade, cheios de esperança e revertidos e muita força de vontade de lutar. Fizeram desta data, uma momento histórico que marcara para sempre a vida de cada um, e mostra que a juventude não está a mercê do que está acontecendo em nosso país.
Estamos na LUTA.

Das atividades elaboradas ao longo da ocupação, tivemos confecção de cartazes, rodas de debates sobre a pec 55, momentos de descontração com shows de bandas locais e apresentações culturais. E nos mantivemos firmes na ocupação até o dia seguinte, onde tivemos um aulão aberto sobre a pec 55 com a participação de estudantes membros da JR e professores.

Ao final da tarde, seguimos em uma grande passeata pelas ruas da cidade de Parintins, mostrando que estamos resistindo e iremos resistir até que seja revogado mais este golpe contra nós, jovens, estudantes, professores e trabalhadores.

whatsapp-image-2016-11-12-at-17-09-31

Por aqui, seguimos na luta e vamos continuar resistindo e ocupando a universidade, porque ela é nossa. E jamais desistiremos dela! E seguimos o nosso lema; Fora Temer, contra Pec 55 e nenhum direito a menos.

Viva a Juventude Revolução!!! Estamos do lado certo da história.

Luana Medeiros, é militante da JR em Parintins – AM

Estudantes da UEA em Parintins ocupam universidade e saem às ruas contra PEC 55

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *